Por que seu cronograma de estudos não funciona?

Tempo de leitura: 4 minutos

Quando comecei o Ensino Médio, ganhei uma bolsa de estudos por mérito em uma escola particular. Esse, sem dúvida, foi um momento de muita alegria, mas ao mesmo tempo foi também uma fase difícil, pois passaria por um processo de mudança e toda mudança é, no mínimo, desconfortável.

Ao começar meus estudos na escola particular, enfrentei muitos problemas para aprender os conteúdos que eram muito mais abrangentes do que estava acostumada na escola pública. Além disso, a cobrança era 10x maior.

Eu queria ter bons resultados e também precisava fazer isso para manter a minha bolsa. Por conta disso, comecei a buscar técnicas de estudo para melhorar o meu desempenho. Uma das coisas que eu implementei na minha rotina de estudos foi o cronograma, mas eu não tinha muita noção de como fazê-lo funcionar.

Acreditava que bastava baixar um desses modelos prontos na internet e preenchê-lo com as matérias que precisava estudar. Porém, não demorou para eu perceber que a técnica não estava funcionando e comecei a me questionar: se funcionava para tanta gente, por que não funcionava comigo?

Isso me levou a buscar respostas e uma solução para aquele problema, e foi então que eu descobri que o problema não era necessariamente o cronograma pronto, mas a forma que eu o estava utilizando. Eu me limitava a preencher o meu cronograma apenas com as tarefas relacionadas aos meus estudos, ou seja, ia preenchendo com as matérias que precisava estudar, com as revisões que precisava fazer e em qual momento faria cada coisa, esquecendo que a minha vida não se resumia a isso.

Na nossa vida, não há divisões. Não tinha como eu separar a Lillian estudante da Lillian filha, irmã, amiga e pessoa comum que tem uma vida social, tem afazeres de casa… enfim, é impossível separar a nossa vida de acordo com as diferentes funções que exercemos ou com as diversas áreas que ela contempla.

E era exatamente nesse ponto que eu estava errando ao fazer o meu cronograma: ele só contemplava as atividades da vida como estudante, enquanto as outras áreas da minha vida ficavam de fora. No entanto, apesar delas não estarem no meu cronograma, elas continuavam existindo e eu precisava dar conta de cada uma delas, o que acabava gerando um grande conflito, pois eu estava sempre preocupada em cumprir o meu cronograma escolar e não sobrava tempo para a minha vida social.

Resultado disso? Estresse, tédio e uma visão distorcida e ruim dos estudos, pois eu relacionava o ato de estudar com limitação. Estudar era me privar da minha família, dos meus amigos e de momentos de distração e lazer.

BLOG (1)

Esse não foi um problema só meu, a maioria dos estudantes cometem esse erro ao utilizar o cronograma de estudos, e acabam tendo como consequência um mau relacionamento com os estudos, o que acaba gerando resultados medianos ou, na maioria dos casos, ruins.

Ok, mas como posso consertar esse erro? Existe um jeito certo de usar o cronograma?

A boa notícia é esse é um erro muito fácil de ser corrigido e você pode fazer isso agora mesmo. Você pode utilizar um desses modelos de cronograma que estão disponíveis para baixar, o mais importante é você se atentar ao seu preenchimento.

O primeiro passo é você listar todas as áreas da sua vida e todas as atividades e compromissos que são importantes em cada uma delas. Defina qual atividade você precisa fazer no seu dia a dia para a sua saúde, família, lazer, espiritualidade, relacionamento etc.

Está sem ideia? Veja como começar a organizar seu cronograma!

Vamos lá: anote no seu cronograma atividades como fazer atividade física, almoço com a família, dia de ir para sua igreja, ida ao shopping com as amigas, fazer aquela tarefa que sua mãe determinou para você, passeio ou encontro com o namorado, enfim, as atividades que fazem parte do seu dia a dia e que não podem parar porque você tem que estudar. Sim, essas atividades devem estar tão presentes no seu cronograma quanto as matérias que você precisa estudar ou revisar.

Feito isso, você pode começar a distribuir todas essas atividades juntamente com aquelas específicas de estudo ao logo da sua semana, sem deixar nenhuma área de fora.

É importante que seu cronograma contemple todas as áreas da sua vida e não somente seus estudos. Desta maneira, você terá tempo para realizar tudo o que é importante e a tarefa de estudar se tornará muito mais leve e produtiva, gerando resultados melhores e significativos.

Fazer isso vai melhorar não só a sua rotina nos estudos, mas a qualidade da sua vida como um todo. Acredite em mim: a maneira como organiza seu cronograma pode mudar toda a sua vida!


Esse post te ajudou? Então compartilhe com seus amigos que também precisam de ajuda nos estudos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *