POPULAÇÃO | Tudo sobre esse assunto que é cobrado pelo Vestibulinho ETEC

Tempo de leitura: 3 minutos

Quando se trata de Geografia, o tema POPULAÇÃO normalmente é exigido no Vestibulinho ETEC. Como é um assunto extenso, é muito comum que os estudantes se sintam perdidos e não saibam em quais tópicos devem focar mais, o que pode atrapalhar muito na batalha rumo à aprovação na ETEC.

Para que esse problema não te afete, hoje você vai conferir por aqui tudo que é importante sobre o assunto. Pegue papel, caneta e se prepare para anotar esse conteúdo que vai aumentar as suas chances de conseguir a sua vaga na ETEC.

Principais conceitos de população

A análise populacional é  fundamental para entendermos as transformações que ocorrem no mundo ao nosso redor, sejam elas sociais, econômicas ou naturais. promovidas pelas relações homem-meio. Para que esse estudo seja possível, diversos conceitos são adotados, mas alguns são mais exigidos pelas provas, sendo eles:

Densidade demográfica — relação entre a quantidade de habitantes para cada quilômetro quadrado (hab/km²).

Expectativa de vida — é a idade média alcançada pela população de determinado local. No caso de países com melhores condições de vida, a expectativa tende a ser mais alta.

Taxa de natalidade — é o índice de nascidos vivos a cada mil habitantes de um determinado local, considerando sempre um período específico.

Taxa de mortalidade — é o índice de mortes, geralmente por mil habitantes, em uma população, considerando sempre um período de tempo específico.

Crescimento vegetativo — é a diferença entre as taxas de natalidade e mortalidade. Caso o número de nascidos seja maior que o de mortes, o crescimento é considerado “positivo”. Caso contrário, é um crescimento “negativo”.

Pirâmides etárias — O que elas representam na análise de uma população?

Outro aspecto importante no estudo da dinâmica populacional é análise do que chamamos de “pirâmides etárias” ou “pirâmides demográficas”. Elas são, basicamente, representações gráficas da estrutura de uma população, baseando-se nos critérios sexo faixa etária.

BLOG (1)

Imagem relacionada

A base da pirâmide representa a população mais nova, ou seja, as crianças e os adolescentes. Temos os adultos no meio da pirâmide e, no topo, a população idosa.

Qual a importância de uma pirâmide etária ao estudar as populações?

A pirâmide etária de um determinado país pode dizer muito sobre a economia e as condições de vida no local.

Países subdesenvolvidos costumam ter pirâmides etárias de base larga, visto que há um alto índice de natalidade. Seu topo tende a ser muito estreito, pois a qualidade de vida tende a ser baixa e, por isso, as pessoas morrem antes mesmo de alcançarem a terceira idade.

Já no caso dos desenvolvidos, o meio da pirâmide tende a ser mais equilibrado e seu topo é mais largo do que nos países subdesenvolvidos. Isso significa que há mais adultos trabalhando, portanto, a economia é mais rica. Com isso, as condições de saúde, habitação etc são melhores e permitem que haja uma alta expectativa de vida.

De acordo com o desenvolvimento de um país, podemos ter mudanças (transições) nas pirâmides etárias. Há países desenvolvidos que, devido a políticas de incentivo à fertilidade, passaram a ter mais crianças, pois ter uma população majoritariamente idosa pode prejudicar a economia.


Conseguiu entender o assunto? Quer saber mais sobre o que o Vestibulinho ETEC exige e receber e-mails semanais com estratégias de estudos? Inscreva-se gratuitamente na nossa Lista VIP para ter acesso a conteúdos exclusivos.

Não esqueça de compartilhar esse resumo com seus amigos e de nos seguir nas redes sociais!

YOUTUBE | INSTAGRAM | FACEBOOK

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *